Controle de qualidade: o que é, para que serve e como realizar?

homem-fazendo-controle-de-qualidade-de-produtos-em-fabrica

Você ouviu falar sobre controle de qualidade? Mais do que nunca, tem-se falado sobre esse termo e a importância para as empresas. 

Entregar produtos e serviços com qualidade é essencial para qualquer organização, por isso, esses procedimentos são tão importantes. Para os seus clientes, a qualidade do que estão consumindo é um fator determinante para a boa imagem da empresa.

No post de hoje, vamos mostrar o que é controle de qualidade, para que serve e exemplos práticos. Confira!

O que é controle de qualidade?

Controle de qualidade é todo e qualquer procedimento que tem como objetivo certificar e garantir que o produto/serviço seja entregue dentro de requisitos pré-estabelecidos.

Assim, o controle de qualidade objetiva criar um padrão para o produto/serviço e evitar futuros problemas ou inconformidades. 

Dessa forma, esse processo está presente nas mais diversas organizações. Seja nas fábricas ou na prestação de serviços, garantir que o produto final tenha a qualidade anunciada é fundamental. 

Logo, farmacêuticas, cosméticos, embalagens, indústrias no geral, indústria de matéria prima e indústrias químicas são alguns exemplos dos setores que utilizam uma política de qualidade rigorosa.

Para que serve o controle de qualidade?

Como explicamos no tópico anterior, o controle de qualidade garante que um produto ou serviço foi produzido e entregue de acordo com o padrão estabelecido.

Logo, esse processo serve para manter o padrão de qualidade da empresa, além de permitir que as organizações ajam de forma antecipada, evitando a execução de passos que possam prejudicar o processo como um todo. 

Outro benefício do controle de qualidade é o bom aproveitamento dos recursos, visto que, conhecendo os passos do processo padronizado, é possível entender qual a melhor forma de alocar os recursos. 

Qual a importância do controle de qualidade?

Bom, agora que já sabemos o que é, vamos entender a importância de implementar um procedimento de controle de qualidade na sua empresa ou indústria. 

1 – Consumidores mais seguros e satisfeitos

A partir do momento que você entrega exatamente o esperado pelo seu cliente, a satisfação é garantida. Afinal, o controle de qualidade objetiva justamente garantir uma produção alinhada com as expectativas dos padrões estabelecidos.

Além da satisfação, controlar a qualidade do produto/serviço é assegurar que o cliente pode fazer uso sem preocupações, uma vez que os procedimentos de qualidade foram rígidos. 

2 – Erros são evitados

Com as normas de qualidade, você também garante que menos erros ocorram na sua produção, visto que o processo será padronizado. 

Mesmo que uma falha tenha sido cometida anteriormente, com o controle de qualidade é possível encontrá-la mais facilmente e evitar que ocorra novamente. 

3 – Garantia de que o produto/serviço entregue segue os padrões estabelecidos 

O controle de qualidade também permite que os processos na sua empresa sejam padronizados. O que isso quer dizer? Bom, se você possui uma norma, é ela quem rege a produção. 

Isso significa que todos os produtos devem seguir da mesma forma, sem alterações. Logo, além de diminuir a taxa de erros como falamos acima, o controle de qualidade é garantido. 

4 – Melhoria contínua 

Controlando exatamente como o seu processo funciona, você abre espaço para possíveis melhorias e otimizações. Dessa forma, os procedimentos de controle de qualidade permitem que o processo seja continuamente melhorado. 

Exemplos de aplicação do controle de qualidade

O controle de qualidade pode ser aplicado em diversos segmentos de negócio. Vejamos alguns setores que têm feito esse processo no dia a dia operacional:

Indústria têxtil

Nesse setor, o controle de qualidade deve averiguar os procedimentos realizados na produção. Dessa forma, o processo envolve desde a inspeção das matérias-primas até a produção em si. 

Além disso, esse é um dos principais setores em que a satisfação do consumidor tem impacto direto. Logo, os procedimentos precisam ser bastante rigorosos. 

Muitas empresas, então, têm utilizado tecnologia e automação para garantir a qualidade das mercadorias, otimizando o dia a dia operacional. 

Alimentos e embalagens 

A indústria de alimentos é uma das que os procedimentos de qualidade têm mais relevância. No setor, o controle de qualidade vem sendo feito desde a colheita da matéria-prima até o processo de distribuição dos alimentos. 

O mesmo se aplica para as fábricas de embalagens. Isso porque são nelas em que os alimentos são envasados e qualquer erro pode gerar uma exposição, causando uma contaminação ou até mesmo estragando a mercadoria por completo. 

Hospitais 

Os hospitais fazem uso de dados para otimizar processos e melhorar o atendimento nas mais diversas frentes. Dessa maneira, é feita a gestão de processos, protocolos institucionais e auditorias internas para entender o que pode ser melhorado e servir de base para a estrutura hospitalar. 

Rede hoteleira

Os hotéis trabalham com diversos procedimentos de limpeza, manutenção e conservação que precisam seguir padrões rigorosos de qualidade. 

Como o setor trabalha diretamente com pessoas que vêm dos mais diversos locais, é importante que a limpeza dos quartos e áreas comuns, por exemplo, seja impecável, até mesmo por questão de higiene e segurança dos ambientes. 

Existe alguma ISO que regulamenta o controle de qualidade?

Sim! As principais ISOs (International Organization for Standardization ou Organização Internacional de Normalização) que regulamentam a qualidade nas empresas são a 9000 e 9001

A ISO 9000 diz respeito a um grupo de normas técnicas para a gestão da qualidade para as organizações. Portanto, ela não é uma certificação propriamente dita, mas sim um conjunto de regras que orientam o controle de qualidade em uma empresa/indústria. 

Portanto, a ISO 9000 é uma norma que introduz o Sistema de Gestão da Qualidade. Segundo o Inmetro, ela é um guia para conhecer o que é um sistema de gestão da qualidade, para quê serve, quais são suas premissas e restrições.

Por outro lado, ainda de acordo com o Inmetro, a ISO 9001 traz os requisitos necessários para a implementação eficaz de um Sistema de Gestão da Qualidade. 

Ela sim é uma certificação, ou seja, um documento que comprova que uma organização está implementando, mantendo e monitorando os processos referentes ao controle de qualidade.

Como fazer o controle de qualidade na sua empresa?

Existem algumas formas de implementar e manter o controle de qualidade na sua empresa. Vejamos alguns pontos importantes que fazem sentido para esse processo:

Analise e padronize os processos

Uma fase importante no controle de qualidade é a análise dos processos que fazem parte da sua rotina operacional. 

É somente a partir desse estudo que será possível compreender entradas, saídas, procedimentos, métodos de controle e, assim, obter dados concretos sobre os processos analisados. 

É nessa etapa em que se torna possível avaliar atividades que estejam apresentando baixo desempenho ou que possuam gargalos. Logo, é a oportunidade ideal para analisar tempo, custo e qualidade dos processos e o impacto final nos resultados da empresa. 

Além disso, a partir dessa análise, a padronização dos processos é essencial. Quando falamos em controle de qualidade, processos padronizados não podem ser dissociados do termo. 

Quando se tem processos padronizados, evita-se diversos fatores que são críticos para a qualidade, como: variação nos procedimentos, atividades sem responsabilidades e uso indevido de recursos financeiros e de pessoal. 

– Temos um conteúdo completo sobre padronização de processos para você entender melhor sobre a temática. 

Defina a melhor metodologia de trabalho

Para implementar esse processo, é preciso escolher dentre as metodologias e ferramentas disponíveis para viabilizar a análise do que vem sendo feito. 

A primeira ferramenta que pode ser citada é o Diagrama de Dispersão, que diz respeito a um gráfico de eixos verticais e horizontais que permitem a identificação de existência de causa e efeito entre determinados eventos. 

Também é possível citar o Diagrama de Pareto, uma ferramenta gráfica que auxilia a empresa a descobrir quais problemas têm sido responsáveis pelas reclamações ou perdas de pedidos. Com isso, é possível alocar recursos para o melhoramento desses pontos. 

Ainda, uma metodologia bastante utilizada é o Ciclo PDCA, um método de melhoria contínua que tem como objetivo geral resolver problemas e implementar soluções.

Por fim, existe o fluxograma de processos, uma ferramenta que, por meio de figuras padronizadas, consegue representar os processos de uma empresa.

Ofereça capacitações

Sua equipe não conseguirá avançar em busca de qualidade e melhoria contínua sem a capacitação adequada. Por isso, é preciso que eles entendam exatamente o porquê e como os processos serão executados.

Apesar dos processos padronizados, ainda é possível que dúvidas surjam acerca da operacionalização. Por isso, esteja atento e faça o treinamento da equipe como um todo. 

Adote uma comunicação clara

Quando falamos em qualidade de processos, é preciso que todas as etapas sejam devidamente compreendidas para que possam ser cumpridas. 

Por isso, a comunicação precisa ser clara e todos devem estar cientes das suas atribuições, de forma que o processo em si não seja prejudicado. 

Utilizar ferramentas que documentem e acompanhem as etapas do processo, portanto, podem ser úteis para o controle de qualidade. Quando todos os dados estão centralizados, é mais simples da equipe entender tudo o que foi feito e também os próximos passos. 

Busque sempre a satisfação dos clientes

Por fim, é bastante importante reforçar que todo o processo de controle de qualidade deve ser pensado na satisfação do cliente, visto que são eles que irão receber o produto e consumi-lo, por exemplo. 

Pensar em qualidade, portanto, é automaticamente pensar na satisfação do consumidor final. É ele quem fará o consumo, avaliação e uma possível indicação caso a experiência seja positiva. 

Por isso, leve em consideração a otimização de processos que tenham a ver com a entrega de qualidade do produto final, visto que o impacto no consumidor é de extrema importância. 

De que forma um checklist online auxilia no controle de qualidade?

Agora que entendemos os principais pontos sobre controle de qualidade, vamos falar sobre uma ferramenta que ajuda muito nesse processo: os checklists digitais!

Com a ajuda de um checklist, você controla, de ponta a ponta, todas as etapas dos procedimentos, os responsáveis por atividades, se os prazos estão sendo cumpridos, além da possibilidade de automatizar todas as tarefas. 

Vamos conferir como essa ferramenta pode te ajudar no controle de qualidade. 

Estabelecer um período em que os dados foram coletados

Quando se faz uso de checklists, é possível documentar exatamente quando os dados foram coletados. Além disso, esse tipo de ferramenta, quando associado a um software, como é o caso do Videnci, é possível manter o histórico de tudo o que foi feito. 

Ou seja, quando os dados forem analisados, será possível compreender o período em que eles foram coletados, o que é essencial para o controle de qualidade. 

Observar a fonte dos problemas

A partir do momento que o processo de coleta de informações torna-se digital, a gestão terá claramente um dado essencial: a fonte dos problemas apresentados.

Se ocorrer alguma inconformidade na qualidade de um produto, quando isso for documento no checklist, tudo será entendido de forma simples e sistemática. Logo, esse tipo de informação é essencial para a gestão e para os processos de melhoria contínua. 

Observar o tempo de coleta

Além dos tópicos já citados, um sistema como o Videnci pode controlar exatamente o tempo que cada coleta de dados levou, o que é importante para mensurar a produtividade dos times. 

Por que utilizar o Checklist Videnci para realizar o controle de qualidade?

Como falamos acima, o checklist é uma ferramenta essencial para o controle de qualidade. O Videnci, um sistema de checklists digitais que automatiza atividades manuais, pode te ajudar – e muito – nos procedimentos de qualidade. 

Através de planos de ação, uma das nossas features, você consegue planejar e executar os procedimentos de qualidade, além de vistoriar as etapas do processo sem dificuldades e atribuindo responsabilidades para cada atividade. 

Marque uma reunião de demonstração com o nosso time de especialistas para entender como podemos ajudar o seu negócio hoje!

Se você quer continuar a entender mais sobre os benefícios de tornar esse processo digital e trazer isso para o dia a dia da sua organização, continue por dentro do nosso blog, no qual trazemos diversas informações sobre como melhorar e facilitar os processos de forma prática e ágil.

About the Author: Isabele Borges