Controle de estoque em supermercados: 13 métodos importantes

carrinho-de-supermercado-em-meio-a-prateleiras

A organização dentro de um mercado não é apenas necessária e sim um ponto chave para que se mantenha uma padronização e qualidade na sua loja. Você tem se dedicado para melhorar os processos na hora de realizar o controle de estoque em supermercados?

Ter seus produtos organizados, principalmente em um supermercado, onde diversos itens são vendidos, é necessário um gerenciamento de qualidade para que o negócio se sustente sem muitas falhas e que atenda as demandas dos consumidores.

Saber gerenciar bem o seu estoque evita prejuízos e ajuda a construir um planejamento e estratégias que atendem melhor suas necessidades, evitando perda de tempo com práticas que não vão te auxiliar. 

No artigo de hoje, vamos explicar como fazer e o porquê do controle de estoque em supermercados ser algo indispensável no dia a dia. Além disso, vamos entender como isso faz a diferença na hora de melhorar o reconhecimento da sua empresa e atender melhor seus clientes. 

Confira!

O que é controle de estoque?

O controle de estoque é uma forma de acompanhar e medir a quantidade de produtos que tem disponível em uma determinada loja, por exemplo, anotando os itens que existem no estoque, verificando seus valores e condições de armazenamento. 

Apesar de parecer uma atividade simples, é necessário bastante atenção das pessoas responsáveis por essa conferência, pois, uma coisa que se deixa passar é preciso avaliar tudo novamente. 

O objetivo principal desse controle é saber se o consumo dos produtos está se alinhando com a necessidade dos clientes. Avaliar se os produtos em estoque estão atendendo a demanda ou se é necessário diminuir ou aumentar o estoque de determinados artigos. 

Dessa forma, é possível reduzir gastos e aumentar a estimativa de vendas no seu mercado. 

Por que o controle de estoque é importante em uma empresa?

Para alcançar o crescimento e sucesso desejado em seu mercado, sabemos que a gestão do estoque é essencial, pois, ela é a base da organização do seu negócio. 

Quando esse gerenciamento é realizado da forma correta, vários setores podem usufruir dessa organização, melhorando o desempenho e garantindo uma boa entrega do serviço. 

Ao se tornar mais autônomo, outros funcionários podem focar em outras áreas para trazer benefício para o mercado, como, por exemplo, o marketing.  

Por isso, listamos alguns pontos para você entender melhor a importância desse controle na sua empresa.

1. Melhora o processo de compras

No momento em que se inicia a organização e controle do estoque, isso afeta diretamente o processo de vendas do supermercado. Ao gerenciar a quantidade de produtos que estão disponíveis no estoque, fica mais fácil de saber o que é importante comprar no momento.

Assim, você consegue fazer o pedido aos fornecedores de uma forma mais ágil e objetiva, uma vez que você vai saber exatamente quais itens faltam e não vai ter o perigo de desperdiçar verba com produtos que possuem estoque extra ou não tem mais tanta procura dos clientes.

2. Contribui com o planejamento financeiro

Com uma gestão de estoque, você consegue ter uma visão ampla de todos os produtos que você possui no seu mercado e aqueles que são necessários adquirir, o que ajuda no planejamento financeiro.

Comprar itens em grandes quantidades pode acabar gerando desperdício e perda dos produtos, acarretando em altos prejuízos. Ao se basear no seu estoque, você previne esse tipo de situação e ainda consegue criar uma previsão de gastos para os próximos meses. 

3. Ajuda a controlar o inventário

O inventário fica mais fácil de controlar com a gestão. Isso pode ser feito de várias formas, principalmente através de sistemas, softwares ou aplicativos que auxiliam nessa organização. 

Dessa maneira, você é capaz de registrar ativos, especificar detalhes em mercadorias, anotar tempo de vida útil de produtos ou ativos, além de definir o tempo que certos itens devem ser substituídos. 

4. Oferece relatórios de gestão

Ao ter o controle de todas essas informações, é mais fácil ter em mãos um relatório preciso e completo para poder analisar. Esses relatórios podem até mesmo serem entregues pelo aplicativo ou software que você esteja utilizando para fazer a gestão do estoque

Esses relatórios são fundamentais para a organização da empresa. Através deles, é possível identificar o desempenho do setor e acessar com mais facilidade os dados gerais para a criação de estratégias e metas.

Como é feito o controle de estoque em supermercados?

Ir ao supermercado é algo rotineiro no dia a dia de uma pessoa. Geralmente, quando uma pessoa não consegue o item que deseja em determinado mercado por diversas vezes, ela tende procurar outro. Por isso, é necessário fazer esse controle dos itens do seu estoque. 

Para fazer esse controle, você pode utilizar aplicativos ou softwares que ajudam a saber com mais facilidade os itens disponíveis, o que facilita também na hora de saber o que deve ser comprado a mais ou a menos.

É importante levar em conta também a época do ano e se planejar para isso. Determinados feriados ou até mesmo estações do ano vão ser um fator importante na hora de decidir o que comprar. Logo, itens sazonais comprados em grandes quantidades tendem a ser perdidos. 

Dessa forma, o controle de estoque é feito através da análise e do entendimento de quais itens possuem mais procura, quais itens demoram a serem entregues pelos fornecedores, quais possuem um prazo de validade mais curto ou longo. 

Então, com essas informações, você vai conseguir administrar melhor o seu supermercado e será capaz de criar estratégias mais eficientes que ajudem a alcançar suas metas com maior facilidade. 

Quais os 13 métodos para o controle de estoque?

Ter uma boa gestão do seu estoque garante que seus clientes sempre consigam os produtos que desejam e não desperdice nenhum item por má manipulação dos produtos ou vencimento. 

Agora, vamos dar algumas dicas para você começar a implementar e garantir um ótimo controle de estoque em supermercados.

1. Tenha um registro de fluxo de mercadorias

A primeira coisa a se fazer é ter um registro, ou seja, um controle das suas mercadorias. Isso é importante porque é através dele que você vai saber os itens que chegam e saem do seu estoque. 

A melhor forma de fazer esse controle é através de um sistema ou aplicativo que permite registrar essas movimentações, assim, fica mais fácil para os funcionários saberem o que tem no estoque sem muita dificuldade e fica melhor até para ajudar o cliente caso ele esteja procurando algum item específico. 

2. Faça inventários

É comum que no supermercado acabem acontecendo duas coisas quando se falta uma organização: a falta de produtos ou o excesso deles. Quando isso acontece, é claro que há prejuízos. 

A melhor maneira de evitar esses prejuízos é criar um inventário. Ao criar um inventário, é preciso estabelecer uma frequência a qual ele será alimentado com as informações de estoque ou não será de muita ajuda.  

Por isso, ter uma equipe treinada para que siga um processo padronizado na hora de preencher o que tem ou não no inventário é a chave para que funcione da melhor forma. Assim, você consegue atender melhor a demanda dos seus clientes.  

3. Calcule tudo com base em dados

Na hora de se guiar para começar a trabalhar com estratégias para o seu negócio, é preciso que você fique atento aos dados e aos relatórios. 

Assim, todas as informações que você conseguiu até o momento te ajudam a pensar como administrar seu mercado.

É importante que suas decisões sejam baseadas em informações e análises concretas e não apenas achismo. Você precisa saber o que é mais vendido e menos vendido dentro do seu mercado, o que vale ou não a pena manter armazenado.

Independente se o seu negócio está ainda começando ou já tem vários anos, é possível encontrar informações importantes. 

O ideal é que você conheça o público da região e o que eles procuram. Tente fazer uma pesquisa, perguntar para as pessoas da cidade e, principalmente, aquelas que frequentam seu mercado. Assim, você vai conseguir planejar melhor o que comprar para o seu estoque. 

4. Conte com uma equipe confiável

Cuidar do estoque não é uma coisa simples e exige atenção, pois sempre há itens novos chegando e é preciso administrar tudo isso com cuidado. Por isso, ter uma equipe comprometida e profissional é essencial. 

É preciso funcionários capacitados e treinados para cuidar dos registros, catalogação, recebimentos e distribuição dos produtos. Além disso, os funcionários devem entender o software de controle de estoque. 

Investir em treinamentos torna sua equipe mais capacitada e ágil na hora de realizar as tarefas. Assim, é importante treinar todos os funcionários, tanto novos quanto antigos, para que todos estejam sempre em sincronia.

Treinar outros setores que às vezes não necessariamente cuidam do controle de estoque também é necessário, pois, dessa forma, caso um funcionário não possa realizar uma tarefa, o processo não fica travado em apenas pessoas específicas. 

Logo, com o treinamento adequado, toda a equipe consegue se ajudar. 

5. Fique atento aos prazos de validade

Parece algo básico, mas pode acabar passando despercebido ou sem muita atenção quanto tem tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo. Como grande parte dos produtos que estão no inventário de um supermercado são itens perecíveis, eles requerem uma atenção especial.

Sempre deixe registrado a data de validade junto com as outras informações sobre o produto, dessa forma, fica mais fácil identificar itens que estão perto de vencer e evita que eles cheguem até a prateleira. Ninguém gosta de comprar algo que tenha passado da validade ou esteja perto de vencer, além de que isso pode causar vários problemas para o seu negócio.

Além disso, a grande vantagem de ter essa informação sob controle é fazer promoções, deixando claro a razão pela qual aquele produto está em um preço mais baixo e não perder os itens por causa da validade. 

Uma forma de evitar que esses produtos fiquem guardados nos estoques sem sequer chegar nas prateleiras é criar um processo padrão, no qual os primeiros produtos que entram sempre vão sair primeiro. 

6. Compare giro e preço de custo

Fique atento ao giro dos produtos das suas prateleiras. Há momentos em que os fornecedores podem apresentar e oferecer diversas promoções em itens para que consigam atingir as metas de vendas e cabe à você entender se isso é vantajoso para o seu negócio. 

Ao saber quais mercadorias saem mais rápido e quais demoram, você entende melhor como organizar o seu estoque. Não adianta comprar vários itens na promoção sendo que não possui muita demanda no seu supermercado e provavelmente vai ficar preso no estoque. 

Por isso, é bom conhecer os gostos e demandas dos seus clientes, para que não tenha que gastar dinheiro sem necessidade. 

7. Cuide das condições de armazenamento

Para garantir segurança para seus clientes que customizam sua mercadoria, é essencial que saiba como armazenar cada produto no estoque ou nas prateleiras. Itens armazenados de forma incorreta podem estragar, independente do seu prazo de validade. 

Um exemplo são carnes e hortifruti que precisam ser armazenados em ambientes próprios. Nesse caso, as carnes precisam de refrigeração adequada ou congelamento, enquanto os hortifruti precisam ser mantidos em locais mais frescos. 

Logo, sempre conheça as exigências dos produtos! Isso também evita prejuízos com perda de mercadoria e até mesmo que algum cliente venha questionar algum item do seu supermercado.

8. Tenha um estoque emergencial e um estoque mínimo

Apesar de muito planejamento, não é incomum que ocorra algum tipo de imprevisto. Dessa forma, para que nenhum item fique faltando na sua prateleira e faça com que as pessoas procurem outro lugar para comprar, é preciso um estoque emergencial.

Esse estoque é uma precaução e uma forma de garantir que seu mercado não fique com itens em falta, enquanto é providenciado mais com os fornecedores. Então, se você sabe que a demanda de determinado item é alta, peça um pouco mais desses itens. 

Assim, você evita ficar com as prateleiras vazias enquanto chega a nova remessa e retêm  melhor seus clientes.

9. Separe estoques por canal de venda

Hoje em dia, é comum supermercados também fazerem parte de aplicativos de entrega, como Ifood, por exemplo. Com isso, é importante redobrar a atenção no itens do seu estoque e pensar na melhor forma de organizá-lo.

O melhor é separar as mercadorias que vão ser destinadas para delivery e as que ficaram para atender os clientes que vão até o mercado. Assim, não há confusão na hora de entregar os itens com o perigo de faltar algo e o atendimento tanto para os clientes do delivery quanto os que vão presencialmente não é prejudicado. 

10. Faça a curva ABC

Já ouviu falar da curva ABC? Essa curva é uma parte extremamente importante para que você consiga analisar o desempenho do seu negócio e aplicar as melhores estratégias para alavancar suas vendas.

Essa análise se baseia em três diferentes categorias (A, B, C) que vão definir quais itens têm mais relevância para o seu negócio

Por exemplo, os produtos que fazem parte da categoria A são os que representam 20% do seu estoque, mas representam 80% do seu faturamento. Os produtos B são 30% do seu estoque, porém, 15% do seu faturamento. E, por fim, a categoria C que corresponde a 50% do seu estoque e apenas 5% do seu faturamento.

Após essa análise, você consegue visualizar melhor os itens que não podem faltar nas suas prateleiras, quais merecem mais destaque na hora de realizar alguma campanha de marketing e entre outras estratégias. 

11. Tenha mais de um fornecedor

Conheça diversos fornecedores de um mesmo produto. É comum que após um tempo se crie uma relação de confiança com determinados fornecedores, mas não se pode deixar tudo na mão de um ou dois. 

Caso aconteça algum imprevisto ou problema na entrega, seja no caso de atrasos ou aumento nos produtos, é bom ter outras opções para que você não fique no prejuízo. Por isso, tenha o contato com os principais fornecedores dos itens, para que você tenha a quem recorrer em caso de algum problema.  

12. Faça promoções sempre que necessário

Sabemos que às vezes nem todos os produtos são vendidos da forma que você imaginava e começam a ficar no estoque ocupando espaço. A melhor forma de evitar que esses itens se percam e acabe trazendo prejuízos é colocá-los em promoção. 

É normal que se compre mais de um determinado produto achando que vá vender e acaba vendendo menos que o esperado. Por isso, as promoções são uma ótima forma de diminuir esse prejuízo e liberar o estoque para outros produtos

13. Tenha o apoio de uma ferramenta de gestão

Depois de todas essas informações, percebemos que, apesar de ser essencial ter o controle de estoque do seu supermercado, isso não é uma tarefa simples e fácil para o seu gestor sozinho resolver. 

Por isso, contar com a automação desses processos é necessário para que essas tarefas possam ser seguidas sem maiores problemas, pois, as chances de algo sair errado diminuem bastante. 

Quando você adquire um software ou aplicativo para automatizar esse processo, você melhora a vida dos seus funcionários, seus resultados e a experiência do cliente também. 

Ao controlar melhor o seu estoque, é possível dedicar mais tempo para outras atividades, como o marketing do seu negócio, que é um grande diferencial na hora de vender. 

Gerencie equipes e atividades com o Videnci

Saber controlar e supervisionar os itens que estão no seu estoque ou que precisam estar, faz uma grande diferença na hora do cliente escolher qual supermercado comprar.

Não é possível estar perto para conferir tudo, é praticamente impossível, porém com a ajuda de softwares e aplicativos voltados para a organização dessas tarefas as coisas ficam mais simples. 

Com o aplicativo do Videnci, você é capaz de acompanhar as atividades e localização dos produtos, além de criar checklists e relatórios das tarefas que são possíveis fazer uma análise de desempenho através do aplicativo. 

Dessa forma, é possível garantir agilidade, qualidade, transparência e praticidade na hora de realizar o controle do seu estoque. 
Aqui no Videnci, utilizamos os nossos checklists para otimizar processos e facilitar o cotidiano da sua empresa.

Então marque uma reunião de demonstração com o nosso time de especialistas para entender como podemos ajudar o seu negócio hoje!

About the Author: Clarice Pinheiro