Como fazer uma boa gestão de pessoas na construção civil?

homem-usando-colete-em-obra

Para que uma construção seja finalizada dentro do prazo e com qualidade, ela precisa preencher uma série de parâmetros, os quais são notados no dia a dia de um canteiro de obras. Nesse contexto, ganha destaque a gestão de pessoas na construção civil, já que esse é um quesito fundamental para o sucesso de um empreendimento.

Seja numa pequena reforma, seja em uma construção de grande porte, é fato que a gestão de pessoas no ambiente de construção traz vários benefícios para o andamento do trabalho — como aumento da produtividade e otimização de recursos.

Dessa forma, é preciso, inicialmente, entender melhor o conceito de gestão de pessoas para analisar com mais facilidade como alcançá-la. Quer saber mais? Continue a leitura!

O que é gestão de pessoas?

Gestão de pessoas é a combinação de alguns fatores (metodologia, técnica, política, prática, entre outros) em prol do controle do capital humano.

Em outras palavras, é uma metodologia que, quando aplicada em um ambiente de trabalho, tem como principal objetivo a valorização de todos os profissionais da empresa, seja qual for a função de cada um deles.

Cabe destacar também que a prática de gerir equipes/pessoas deve ser delegada a colaboradores que tenham um perfil de liderança, uma vez que eles têm habilidades para mediar conflitos internos, passar conhecimento, motivar, identificar pontos de melhoria etc.

Como a gestão de pessoas reflete no gerenciamento da obra?

O gerenciamento de uma obra tem como finalidade governar e organizar as tarefas para que elas sejam concluídas como foram definidas no projeto inicial. Ou seja, é um recurso utilizado para a garantia da execução do trabalho proposto pelo planejamento de obras, seguindo, assim, as devidas etapas do cronograma.

Dessa forma, é possível afirmar que a prática de gestão de pessoas na construção civil impacta diretamente a qualidade do gerenciamento do canteiro de obras. Isso, porque ela é feita por meio da capacitação e desenvolvimento dos colaboradores — quesitos que são fundamentais para o gerenciamento eficaz de uma construção.

Quais os benefícios de um processo bem estruturado?

Conforme indicado, a gestão de pessoas proporciona importantes vantagens para negócios da construção civil. Abaixo, descrevemos melhor cada uma delas.

Otimização da gestão

A eficiência de um projeto está ligada à capacidade de contratar, monitorar e motivar o trabalho da equipe no canteiro de obras. Esse processo envolve uma série de atividades que exigem planejamento e conhecimento.

Uma boa gestão de pessoas assegura precisão na seleção de profissionais e delegação de trabalhos, garantindo que o projeto aconteça conforme o cronograma estabelecido. O acompanhamento evita erros e problemas de comunicação, bem como o retrabalho que eles causam.

Para isso, é importante que o time de gestão de pessoas seja capacitado, tenha acesso a ferramentas que facilitam seu trabalho — como um software de gestão de obras — e tomem decisões baseadas em dados do projeto.

Aumento da satisfação da equipe

A boa gestão de pessoas apresenta um ambiente de trabalho otimizado aos colaboradores, com cronograma bem construído e alinhado a suas expectativas. A comunicação é eficiente, e problemas como retrabalho ou responsabilidades que fogem de sua posição são minimizados.

Esses fatores contribuem para que a equipe fique mais satisfeita com as condições de trabalho providas pelo contratante. Assim, reclamações, faltas e pedidos de demissão tendem a ocorrer com menor frequência, e o projeto acontece conforme esperado.

Ganho de produtividade na obra

A gestão de pessoas tem como objetivo direcionar os profissionais, garantindo que eles executem as etapas do projeto conforme o planejamento estabelecido. Assim, seus responsáveis monitoram e delegam responsabilidades dentro do canteiro e garantem que a equipe não perca tempo ocioso durante o dia a dia.

Os colaboradores também produzem mais por se sentirem satisfeitos com a gestão. O ambiente organizado motiva a realização de melhores entregas, dentro do prazo e das especificações esperadas. Todos esses fatores resultam no aumento da produtividade.

Esse cenário é importante para que o projeto acompanhe o cronograma e para evitar problemas no canteiro que aumentem os custos para o negócio — como acidentes de trabalho ou novas contratações.

Melhor aproveitamento de recursos

Avaliar o desempenho, conferir certificações e promover treinamentos são algumas das funções da gestão de pessoas. Essas práticas garantem que os profissionais trabalhando na obra saibam utilizar os recursos da empresa, reduzindo perdas, que geram custos para o negócio.

A boa delegação de tarefas e monitoramento das atividades realizadas no dia a dia do canteiro apresentam o mesmo resultado. Isso acontece devido ao melhor controle do que é usado, evitando que materiais, equipamentos e outros insumos sejam desperdiçados.

Minimização de acidentes

Uma das principais preocupações de qualquer projeto de construção é a segurança dos profissionais no canteiro, garantindo que acidentes de trabalho não aconteçam. Além de colocar em risco a vida das pessoas envolvidas, esses acontecimentos podem resultar em multas e atrasos para o negócio.

A gestão de pessoas minimiza esses riscos por meio de um processo eficiente de contratação, acompanhamento de indicadores, treinamento dos profissionais e garantia de que eles apresentam os certificados exigidos para usar determinados recursos.

Redução de custos

O aumento da produtividade, otimização dos recursos, minimização de riscos no canteiro, bem como a boa comunicação são fatores que reduzem problemas e acontecimentos que resultam em custos e gastos desnecessários, que prejudicam a lucratividade do negócio.

Como alcançar a gestão de pessoas na construção civil?

São vários os procedimentos que, quando associados, asseguram a gestão de pessoas na construção civil. Confira, abaixo, os principais.

Delegar funções e tarefas

É necessário saber identificar qual colaborador ou equipe está mais apto a realizar determinada função no canteiro de obras. Fazer as delegações corretas, naturalmente, aumenta as chances de obter um trabalho feito de forma rápida e eficiente, já que será executado por profissionais devidamente capacitados.

Além disso, é interessante também deixar claro para os colaboradores como funcionará a dinâmica de distribuição de tarefas, para evitar trabalhos simultâneos e atividades esquecidas.

Estimular o trabalho em equipe

Não faz sentido falar de gestão de pessoas sem citar a influência do trabalho em equipe. Desse modo, para alcançar uma gestão satisfatória, é preciso criar meios que estimulem a união, aumentando a integração dos colaboradores e a agilidade com que os processos serão realizados.

Nesse contexto, um ótimo exemplo para estimular o trabalho conjunto no canteiro de obras é a realização de dinâmicas de grupo, visto que elas são ferramentas eficientes para a troca de ideias e interação social.

Aperfeiçoar a comunicação

Seja qual for a profissão dos colaboradores, para gerir pessoas, é indispensável garantir uma comunicação rápida, clara e acessível. Dessa forma, investir em novas tecnologias pode ser uma boa alternativa para que todos os funcionários troquem informações de maneira prática.

Atualmente há vários aplicativos e plataformas digitais que otimizam a rede de comunicação em um canteiro de obras, beneficiando tanto o diálogo interno quanto o externo — ou seja, com os clientes.

Oferecer infraestrutura adequada

Más condições de trabalho muitas vezes são sinônimo de colaboradores desmotivados e descontentes com a empresa. Como a gestão de pessoas visa justamente o desenvolvimento profissional, é difícil imaginar que ela possa ocorrer em ambientes de trabalho que deixam a desejar na infraestrutura.

Logo, é preciso pensar em ferramentas de qualidade e disponibilizar todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para a equipe.

Ainda vale ressaltar que isso também impacta diretamente as medidas de segurança do trabalho no canteiro de obras. Afinal, dispor de ferramentas de qualidade e EPIs corretos é essencial para reduzir o número de acidentes de trabalho no setor de construção civil.

Estreitar a relação entre empregador e colaborador

Quando o colaborador percebe que a comunicação com o chefe pode ser estabelecida sem burocracia, ele se sente mais confortável para dialogar quando necessário. Desse modo, o gestor sabe, com mais facilidade e precisão, se as condições de trabalho estão adequadas ou em que fase a obra já está, por exemplo.

Realizar análise de desempenho periodicamente

A gestão de pessoas, como explicado, também tem a finalidade de melhorar a capacitação dos profissionais da empresa. Para isso, a realização periódica de análises de desempenho é indispensável.

Estudar a performance da equipe ou do colaborador diante da execução das tarefas permite avaliar em quais pontos é preciso melhorar e em quais etapas o nível já é satisfatório. Ou seja, mensurar esses parâmetros com exatidão reflete diretamente na maneira como é feita a gestão de pessoas.

Vale destacar, também, que é interessante a análise de desempenho ser acompanhada posteriormente de um treinamento de equipe. Isso, porque as falhas já foram detectadas recentemente, facilitando a elaboração do plano de ação para melhorias do processo produtivo.

Conhecer a equipe de trabalho

Fica mais fácil traçar a metodologia de gestão de pessoas na construção civil quando o gestor conhece bem a sua equipe de trabalho. Quanto mais conhecimento acerca dos colaboradores (principalmente sobre o perfil profissional), mais precisa será a delegação de tarefas e funções no canteiro de obras.

Sendo assim, é necessário viabilizar maneiras para que esse conhecimento seja garantido; para isso, o contato direto e a troca de informações com os funcionários são essenciais.

Após analisar a gestão de pessoas na construção civil, bem como os seus reflexos para o gerenciamento da obra, fica fácil perceber seu impacto no desenvolvimento profissional do colaborador e no crescimento da empresa.

About the Author: Videnci