janeiro 5, 2021

O que é controle de qualidade e qual sua importância?

Isabele Borges

Em 2020 muito se falou sobre controle de qualidade, não é mesmo? Visto a pandemia do COVID-19, a produção de álcool em gel, máscaras, medicamentos e todo o processo de vacinação tiveram que comprovar sua eficácia em prol da segurança da população.  

Esse é apenas um dos exemplos em que os procedimentos de controle de qualidade são necessários e, até mesmo, obrigatórios. 

Por isso, no blog post de hoje vamos entender o que é controle de qualidade e a sua importância para as organizações. Acompanhe!

O que é controle de qualidade?

Controle de qualidade é todo e qualquer procedimento que tem como objetivo certificar e garantir que o produto/serviço seja entregue dentro de requisitos pré-estabelecidos.

Assim, o controle de qualidade objetiva criar um padrão para o produto/serviço e evitar futuros problemas ou inconformidades. 

Dessa forma, esse processo está presente nas mais diversas organizações. Seja nas fábricas ou na prestação de serviços, garantir que o produto final tenha a qualidade anunciada é fundamental. 

Como falamos no nosso blog, uma das áreas que utiliza os procedimentos de controle de qualidade é a alimentícia, visto os riscos à saúde que um alimento contaminado pode trazer para a população. 

– Para saber mais sobre Boas Práticas de Fabricação, é só conferir.  

Logo, farmacêuticas, cosméticos, embalagens, indústrias no geral, indústria de matéria prima, indústrias químicas são alguns exemplos dos setores que utilizam uma política de qualidade rigorosa. 

Entendi o que é! Mas qual a importância desse processo?

Bom, agora que já sabemos o que é, vamos entender a importância de implementar um procedimento de controle de qualidade na sua empresa ou indústria. 

1 – Consumidores mais seguros e satisfeitos

A partir do momento que você entrega exatamente o esperado pelo seu cliente, a satisfação é garantida. Afinal, o controle de qualidade objetiva justamente garantir uma produção alinhada com as expectativas dos padrões estabelecidos.

Além da satisfação, controlar a qualidade do produto/serviço é assegurar que o cliente pode fazer uso sem preocupações, uma vez que os procedimentos de qualidade foram rígidos. 

2 – Erros são evitados

Com as normas de qualidade você também garante que menos erros ocorram na sua produção, visto que o processo será padronizado. 

Mesmo que uma falha tenha sido cometida anteriormente, com o controle de qualidade é possível encontrá-la mais facilmente e evitar que ocorra novamente. 

3 – Garantia de que o produto/serviço entregue segue os padrões estabelecidos 

O controle de qualidade também permite que os processos na sua empresa sejam padronizados. O que isso quer dizer? Bom, se você possui uma norma, é ela quem rege a produção. 

Isso significa que todos os produtos devem seguir da mesma forma, sem alterações. Logo, além de diminuir a taxa de erros como falamos acima, o controle de qualidade é garantido. 

4 – Melhoria contínua 

Controlando exatamente como o seu processo funciona, você abre espaço para possíveis melhorias e otimizações.

Dessa forma, os procedimentos de controle de qualidade permitem que o processo seja  continuamente melhorado.  

Exemplos de aplicação do controle de qualidade 

Indústria têxtil

Nesse setor, o controle de qualidade deve averiguar os procedimentos realizados na produção. Dessa forma, o processo envolve desde a inspeção das matérias-primas até a produção em si. 

Além disso, esse é um dos principais setores em que a satisfação do consumidor tem impacto direto. Logo, os procedimentos precisam ser bastante rigorosos. 

Muitas empresas, então, têm utilizado tecnologia e automação para garantir a qualidade das mercadorias, otimizando o dia a dia operacional. 

Alimentos e embalagens 

Como temos falado neste conteúdo, a indústria de alimentos é uma das que os procedimentos de qualidade têm mais relevância. 

No setor, o controle de qualidade vem sendo feito desde a colheita da matéria-prima até o processo de distribuição dos alimentos. 

O mesmo se aplica para as fábricas de embalagens. Isso porque são nelas em que os alimentos são envasados e qualquer erro pode gerar uma exposição, causando uma contaminação ou até mesmo estragando a mercadoria por completo. 

Hospitais 

Os hospitais fazem uso de dados para otimizar processos e melhorar o atendimento nas mais diversas frentes

Dessa maneira, é feita a gestão de processos, protocolos institucionais e auditorias internas para entender o que pode ser melhorado e servir de base para a estrutura hospitalar.  

Existe alguma ISO que regulamenta o controle de qualidade?

Sim! As principais ISOs (International Organization for Standardization ou Organização Internacional de Normalização) que regulamentam a qualidade nas empresas são a 9000 e 9001. 

A ISO 9000 diz respeito a um grupo de normas técnicas para a gestão da qualidade para as organizações. Portanto, ela não é uma certificação propriamente dita, mas sim um conjunto de regras que orientam o controle de qualidade em uma empresa/indústria. 

Portanto, a ISO 9000 é uma norma que introduz o Sistema de Gestão da Qualidade. Segundo o Inmetro, ela é um guia para conhecer o que é um sistema de gestão da qualidade, para quê serve, quais são suas premissas e restrições.

Por outro lado, ainda de acordo com o Inmetro, a ISO 9001 traz os requisitos necessários para a implementação eficaz de um Sistema de Gestão da Qualidade. 

Ela sim é uma certificação, ou seja, um documento que comprova que uma organização está implementando, mantendo e monitorando os processos referentes ao controle de qualidade. 

Gostou do conteúdo?

No blog post de hoje mostramos o que é o controle de qualidade e qual a sua importância para as empresas e indústrias. Além disso, falamos de alguns exemplos e quais as ISOs que fazem parte desse processo. 

Para você continuar entendendo mais sobre os processos de controle e auditoria, preparamos um conteúdo que mostra como utilizar a tecnologia para otimizar esses procedimentos. 

Acesse aqui. Boa leitura!