dezembro 10, 2020

O que é e como estruturar um plano de manutenção preventiva?

Isabele Borges

De acordo com a NBR 5462/1994, manutenção preventiva é aquela “efetuada em intervalos predeterminados, ou de acordo com critérios prescritos, destinada a reduzir a probabilidade de falha ou a degradação do funcionamento de um item”.

Ou seja, esse tipo de procedimento é importante para aumentar a segurança na execução das operações, reduzindo riscos e aumentando a eficiência.

Por isso, no blog post de hoje vamos entender o que é manutenção preventiva e como ela pode ser útil para a sua empresa!

O que é manutenção preventiva?

A manutenção preventiva é um tipo de procedimento planejado. Ao contrário da corretiva, que apenas corrige falhas pontuais, a preventiva tem como objetivo antever riscos e evitar prejuízos.

Dessa maneira, o procedimento previne a ocorrência de falhas e aumenta a vida útil de ferramentas e equipamentos, visto que, por meio da manutenção antecipada, o desgaste é bem menor. 

Como falamos acima, outro ponto importante desse tipo de manutenção é que ela deve ser planejada, ou seja, não pode ocorrer de forma abrupta. 

Esse planejamento serve para orientar o que deve ser feito, reduzir custos e ter mais eficiência na execução dos processos. 

Além disso, planejar uma manutenção deve ser um processo bastante didático: todas as tarefas devem estar muito bem descritas. 

Normalmente a manutenção preventiva segue um calendário/cronograma, por isso é tão importante que ela seja planejada com antecedência, de forma que a execução seja a melhor possível. 

Alguns exemplos desse tipo de procedimento:

– Verificação e revisão periódica nos equipamentos;

– Plano de inspeção nas ferramentas e máquinas;

– Lubrificação programada nos equipamentos;

– Revisão contínua da operação. 

Principais benefícios do procedimento 

Tendo em vista o que é a manutenção preventiva, podemos entender alguns dos seus benefícios. 

O primeiro deles é a redução de custos de um modo geral para a sua operação. Ao verificar periodicamente as ferramentas, maquinários e equipamentos, você garante que tudo está funcionando de forma plena, sem intercorrências. 

Consequentemente, se o desgaste é menor, a sua empresa tem menos gastos, visto que os equipamentos funcionarão com o seu máximo desempenho. 

Dessa forma, mesmo que você tenha que trocar algumas peças de forma antecipada e isso gera um custo inicial, as vantagens serão sentidas a médio e longo prazo, visto que o equipamento terá uma vida útil ainda maior. 

Outro benefício da manutenção preventiva – e esse possivelmente é um dos principais – é a prevenção de acidentes de trabalho. Com as revisões e manutenções periódicas, é muito mais fácil identificar se um equipamento apresenta algum indicativo de falha, certo?

Assim, fazendo trocas de peças regularmente e vistoriando a operação como um todo, os profissionais estão expostos a menos riscos. 

– Saiba mais sobre: Como a tecnologia ajuda no cumprimento das normas de segurança do trabalho?

Entendi o que é e as vantagens… Mas como estruturar um planejamento de manutenção preventiva?

Compreendido os primeiros tópicos, vamos te mostrar o que o plano de manutenção preventiva da sua empresa precisa ter. 

– Um inventário/mapeamento de todos os equipamentos utilizados, identificando: o equipamento, modelo, fabricante e o local que está localizado;

– A relação entre qual manutenção deve ser feita em qual equipamento;

– Descrição do calendário de manutenção, identificando responsáveis e prazos a sempre cumpridos;

– A data da última manutenção;

– A previsão para as próximas. 

Como esse processo exige informações 100% corretas e exatas, indicamos que você faça o seu plano de forma digital. 

Com um checklist digital, por exemplo, você consegue reunir diversas funcionalidades importantes em uma única plataforma, como: identificação de equipamentos; descrição das atividades; comprovação das tarefas via fotografia; automação das próximas automações notificando os responsáveis; e compilação de dados em relatórios de gestão

Para saber mais sobre o uso de checklists digitais, te recomendamos esse conteúdo. Nele, você irá entender melhor como essa ferramenta pode ser útil para sua gestão!  

Gostou do conteúdo? Saiba mais sobre procedimentos de manutenção 

No blog post de hoje nós mostramos o que é manutenção preventiva, seus principais benefícios e como aplicar um plano na sua empresa. 

Outro documento complementar ao planejamento de manutenção é o relatório de visita técnica. Com ele, você consegue assegurar o funcionamento de máquinas e equipamentos, garantindo a execução de tarefas. 

Para saber mais, preparamos um conteúdo que fala mais sobre esse documento. É só clicar aqui para acessar