dezembro 1, 2020

Como a tecnologia ajuda no cumprimento das normas de segurança do trabalho?

Isabele Borges

Atualmente, o Brasil é o quarto colocado no ranking mundial de acidentes de trabalho. É por isso que a temática torna-se tão relevante e que deve, sim, ser discutida pelos mais diversos setores, pensando em formas de prevenir acidentes e aumentar a segurança do trabalho. 

No Brasil, são as Normas Regulamentadoras que regem as principais regras quando o assunto é saúde e segurança no trabalho. 

Ao todo, são mais de trinta normas que devem ser cumpridas obrigatoriamente por empresas privadas e órgãos públicos. 

Dessa maneira, o não cumprimento das disposições legais gera multas e penalidades ao empregador. Mas, mais importante, é saúde e segurança do trabalhador que está em risco. Por isso, as normas devem ser seguidas.  

Tendo esse cenário em vista, vamos entender o porquê utilizar a tecnologia a favor do cumprimento dessa legislação e suas principais vantagens.  

Como a tecnologia pode ajudar no cumprimento das normas?

Pensando na importância em seguir o passo a passo das normas regulamentadoras, é preciso pensar em ferramentas que possibilitem o melhor controle e assegurem de forma eficaz o bem-estar do colaborador. 

É nesse contexto que se inserem os sistemas de gestão. Com eles, é possível fazer o controle na utilização dos equipamentos necessários por meio de checklists e formulários digitais.  

Justamente por proporcionar essa segurança, cada vez mais empresas têm investido em softwares, como mostra o Panorama do Mercado ERP.

Realizado com mais de quatro mil empresas, o estudo mostrou que 58% dos gestores estão em busca de investir mais no seu software de gestão. 

E por que as empresas têm investido nessa forma de tecnologia voltada a segurança do trabalho? É o que veremos nos tópicos a seguir!

Você pode conferir todos os itens relativos à segurança do trabalho com checklists digitais 

A primeira vantagem que podemos listar é o fato de que um sistema como esse permite que você faça a checagem de cada item de forma detalhada. 

Por exemplo, seguindo a norma 26 que diz respeito a sinalização de segurança, é preciso verificar se as cores e demais formas de sinalização estão corretas. 

É também necessário identificar se os equipamentos de segurança aéreas, como as tubulações empregadas para a condução de líquidos e gases, estão devidamente identificados. 

A rotulagem de produtos também deve ser feita com precisão e identificando alguns elementos importantes, como o produto químico e sua composição, palavras de advertência e frases de perigo e precaução.

Assim, um checklist digital pode conter todas essa informações e, quando for realizada a vistoria, basta dar um “check” nos itens conformes. 

Caso algo esteja irregular, basta apontar no formulário e até mesmo descrever o motivo com uma caixa de observação. 

Dessa forma, ao tornar o processo 100% digital, você tem um documento muito mais organizado e melhor identificado. 

Precisa identificar o responsável pela checagem? É possível com um sistema de gestão 

Tendo em vista que fazer a checagem de cada item é essencial para garantir a segurança dos colaboradores, saber exatamente quem a realizou é igualmente importante. 

Assim, no cabeçalho do seu checklist digital você consegue identificar o responsável pela vistoria com nome e assinatura. 

Em alguns sistemas, como o do Videnci, é possível inserir a assinatura manual e também por E-CPF

Além disso, você pode anexar algumas informações relevantes para assegurar a realização da vistoria, como data, horário e localização via GPS.  

É possível inserir uma fotografia para cada item ou atividade

Voltando ao exemplo da norma 26, sobre a sinalização de segurança, imagine que um dos produtos químicos está sem identificação ou sem frases indicando perigo. 

Para notificar essa ocorrência, não seria bastante útil utilizar uma fotografia e um campo de observação? É justamente essa facilidade que o sistema de gestão te proporciona. 

Dessa maneira, você consegue comprovar o que está ou não dentro do conforme com o registro digital, tornando o trabalho dos colaboradores ainda mais seguro. 

Além disso, quando se constrói um checklist é possível solicitar automaticamente que uma fotografia ao colaborador, de forma que todo o processo seja realizado de forma automatizada. 

Após o checklist ser preenchido, automatize as próximas ações

Como os checklists de segurança do trabalho podem precisar de aprovação posterior ou envio para os responsáveis dos itens que apresentaram inconformidades, torna-se mais simples que as atividades sejam automatizadas. 

Dessa maneira, após o formulário preenchido, é possível automatizar seu envio para diferentes pessoas/setores, requisitando, inclusive, a confirmação de leitura por e-mail. 

Além disso, você pode notificar responsáveis e colocar prazos para as atividades posteriores serem realizadas – o que é imprescindível quando falamos em segurança do trabalho. 

Entendeu melhor como um software pode ser útil para a segurança do trabalho?

No blog post de hoje nós mostramos as principais funcionalidades de um software para segurança do trabalho. 

Ponto a ponto, abordamos alguns itens que você deve se atentar no momento de escolher o sistema que irá atender a sua empresa, visto que essa ação irá gerar consequências para todos os colaboradores. 

Se você quiser entender como o Videnci pode ajudar a manter a sua equipe mais segura, o que você acha de conversar com um de nossos especialistas? Eles estão à sua disposição para mostrar o sistema na prática e em poucos minutos!