Você já está familiarizado com este termo comum entre empresas prestadoras de serviço?  Uma ordem de serviço é um recurso estrategicamente utilizado para formalizar o trabalho.

A fim de realizar eficientemente o serviço contratado pelo cliente, emite-se uma ordem de serviço (ou OS) para organizar as atividades prestadas pela equipe envolvida.

Confira maiores detalhes do que é ordem de serviço e 3 razões para utilizá-la em procedimentos de manutenção!

Mas afinal, o que é uma ordem de serviço? Para que serve isto?

Uma ordem de serviço  é feita para que tanto as expectativas da empresa prestadora de serviços quanto de seus clientes sejam atendidas. 

Por meio de uma OS torna-se possível acompanhar os recursos investidos na prestação de serviço, controlar o tempo de execução e formalizar todas as atividades referentes ao trabalho.

Uma ordem de serviço de manutenção é um tipo de documento gerado com recorrência no mercado industrial. Ele é feito para atender um cliente que necessita reparar algum dano em seu maquinário ou serviço de maior complexidade.

Confira alguns dados que geralmente são pontuadas para a construção de uma ordem de serviço de manutenção:

  • Data de processamento;
  • Dados do cliente que solicitou a manutenção;
  • Número da ordem de serviço (para que seja distinguido e organizado cada serviço requerido);
  • Valor do serviço prestado e forma de pagamento;
  • Motivo de abertura da ordem de serviço (lista-se todos os detalhes levantados pelo cliente);
  • Descrição do serviço prestado ao cliente (neste caso organiza-se os procedimentos para resolver o problema acionado);
  • Recursos necessários para a execução de serviço (informações de equipamentos separados para o serviço);
  • Equipe envolvida para as atividades de manutenção (separar funcionários escolhidos para a resolução da manutenção requisitada);
  • Medidas preventivas e equipamentos de proteção necessários (para que a gestão tenha conhecimento dos riscos envolvidos na manutenção);

3 motivos para utilizar uma ordem de serviço em procedimentos de manutenção

Agora que você pôde ter maiores informações sobre o que é uma ordem de serviço, para que ela serve e como é construída, ficará mais fácil entender as vantagens de utilizá-la durante a manutenção:

1 – Organização do fluxo de trabalho

Ao se cadastrar todas as atividades pertinentes ao serviço contratado, a execução durante a manutenção ficará muito mais organizada.

A criação da ordem de serviço servirá como um norte para que o gestor consiga ordenar como cada atividade deve ser feita no fluxo de trabalho.

Assim, antes mesmo de chegar ao local do cliente, os funcionários se encontrarão prontos e divididos em cada função acordada para o cumprimento da manutenção.

2 – Menor taxa de erros

Quando todas as informações a respeito do serviço de manutenção são levantadas e registradas num documento, torna-se mais difícil cometer falhas.

Por exemplo, registrando-se todas as informações sobre os riscos presentes no processo, há menores chances de qualquer funcionário se acidentar e gerar maiores custos a empresa contratada.

Além disso, até mesmo desacordos contratuais futuros entre empresas prestadores de serviço e seus clientes podem ser evitados quando todo o processo está documentado.

3 – Integração com plataformas digitais

Por fim, faz-se necessário explicar que ordens de serviço podem ser digitalizadas e feitas em plataformas digitais que agilizem o processo de manutenção.

Isso porque os sistemas de gestão digital são capazes de registrar cada campo necessário para o preenchimento da ordem de serviço e automatizar seu envio.

Ao contrário das ordens de serviço preenchidas no papel, aquelas que são feitas em ambiente digital não podem ser rasuradas e perdidas!

 

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto?

Se você gostou deste conteúdo, te convidamos a acessar o nosso blog para compreender melhor sobre sistemas de gestão digital, gestão de equipes e digitalização de arquivos.

Basta clicar aqui para ter acesso a todo esse conteúdo!