abril 6, 2020

COVID-19: Notícias boas demais para não serem compartilhadas

Videnci

Somos protagonistas de um momento que certamente vai marcar a história da humanidade. 

Informações e notícias sobre a pandemia do novo coronavírus estão em todos os veículos de comunicação e é compreensível que a população fique ansiosa com isso. 

Obviamente, a Informação é a melhor forma para combater a epidemia mas, que tal um respiro? Por todo o mundo circulam notícias e depoimentos positivos que podem nos deixar um pouco mais tranquilos.

Por esse motivo, preparamos esse material para que você veja 3 notícias boas demais para não serem compartilhadas.

Pesquisadores começam a decifrar identidade do novo coronavírus no Brasil

Recentemente, as pesquisadoras e cientistas brasileiras Jaqueline de Jesus e Ester Sabino foram as responsáveis pelo sequenciamento do genoma do vírus referente ao primeiro caso de COVID-19 no Brasil.

Esse é um feito de muita importância, pois dessa forma será possível compreender de que forma a doença se manifesta em diferentes regiões do país e, assim, contribuir para a elaboração de estratégias de contenção mais efetivas.

Além disso, conhecer as características genéticas do vírus é um grande passo para a elaboração de novos testes de diagnóstico e também para a produção de uma vacina capaz de destruir o coronavírus. 

Estamos cada vez mais perto de resolver esse problema que atinge todo o mundo.

Leia a matéria completa. É só clicar aqui.

Bebê de 50 dias vira símbolo de esperança na Itália depois de se recuperar do coronavírus

A essa altura da guerra contra o coronavírus, já sabemos exatamente quem são as pessoas que fazem parte dos grupo de risco. Ao mesmo tempo que ouvimos isso, vemos diversas notícias de idosos com mais de 90 anos de idade se recuperando da doença. 

Mas, a cada dia, uma nova surpresa aparece. É o caso de Leonardo. Não, não é um senhor de idade. É um bebê de pouco mais de 50 dias de vida que apresentou sintomas de infecção e precisou ser internado.

Apesar de toda a preocupação e angústia da mãe, o pequeno italianinho fez todos os tratamentos necessário, se recuperou e já está novamente em casa com a família.

Leia mais sobre o pequeno Leo.

Qualidade do ar em Curitiba melhora após COVID-19, diz pesquisa da UFPR

Uma das mais famosas cidades brasileira, Curitiba apresentou crescimento nos índices de poluição nos últimos anos. Mas, isso mudou de uma mês para cá.

A determinação da Organização Mundial da Saúde MS e de outros órgãos oficiais voltados à área da saúde para a população aderir ao isolamento social impactou diretamente na concentração de material particulado (MP) no ar Curitibano.

Utilizando sensores de baixo custo, os pesquisadores constataram uma redução de 50% de MP presente no ar. Na prática, além da atmosfera estar mais limpa, houve uma melhora significativa na qualidade do ar de toda a cidade. 

Esse cenário certamente fará diferença para recuperação de diversos pacientes e também diminuirá os casos de problemas respiratórios na população, uma 

Você pode clicar aqui e acessar a matéria completa.

Uma iniciativa a ser seguida

Nem sempre é fácil encontrar notícias boas, não é mesmo? Pensando nisso, gostaríamos de indicar uma uma iniciativa que teve início há poucos dias e que já traz bons resultados.

O The Good News Corona Vírus é um site que reúne apenas notícias positivas sobre a pandemia que preocupa o mundo. Lá, você poderá encontrar notícias e informações atualizadas, de fontes confiáveis e devidamente checadas pelos criadores da plataforma. 

São iniciativas motivadoras como esta que trazem esperança para uma sociedade constantemente bombardeada com números e mais números referentes à propagação do COVID-19.

Mas vale ressaltar: É Necessário que cada um de nós faça sua parte, evitando aglomerações, não compartilhando pertences individuais e mantendo as mão sempre higienizadas.

Dessa forma, preservamos a nossa saúde e de todos aqueles com quem temos contato, seja na família, círculo de amigo ou trabalho.